Dicas de Saúde

A- A+

Ingestão de Ômega 3 é fundamental para envelhecimento saudável

A importância da alimentação balanceada é fundamental para uma vida com saúde. A ingestão do Ômega-3 é importante para a diminuição dos riscos de envelhecimento precoce

Barbara Esteves/Ascom Ingestão de duas castanhas diárias é o ideal

Ingestão de duas castanhas diárias é o ideal

O Ômega-3 é um tipo de lipídio insaturado e, como não “leva” o acúmulo de gordura para os vasos sanguíneos, é considerado uma gordura benéfica, possuindo também a função anti-inflamatória, ao induzir a formação de neurotransmissores anti-inflamatórios. Outra vantagem é que esse lipídio tem uma boa aplicação em casos de dislipidemia, que é a presença de níveis elevados ou anormais de lipídios e/ou lipoproteínas no sangue.
Em termos de calorias ele possui o mesmo valor calórico de qualquer gordura: 1g fornece 9kg, por isso o uso deve ser estimulado, mas não abusivo. Uma pessoa que tiver necessidade de perda de peso deve consumi-lo com moderação. No caso da ingestão da castanha do Pará, que é rica em Ômega 3 e selênio (um mineral com importante ação antioxidante), o recomendado é a ingestão de duas unidades por dia. O desgaste com a idade tem muito a ver com o estresse oxidativo. Então, consumindo alimentos que são antioxidantes, você diminui a produção de radicais livres e, consequentemente, reduz o risco de envelhecimento precoce.
As principais fontes do Ômega 3, em termos de alimentação, são os peixes de águas mais frias e profundas, como salmão, atum e sardinha, além de fontes oleaginosas, como castanha, amêndoa e nozes.